VOLTAR AO SITE ACTUAL

precariedade.png
Eleitos delegados na MFS Solar, de Moura
02-Mar-2011
 Foram eleitos dois delegados sindicais do SIESI na empresa MFS Solar, de Moura. Esta é uma empresa recente (com cerca de três anos de actividade), que tem 140 trabalhadores (mulheres, na maioria). Fabrica painéis solares e pertence ao grupo espanhol Fluitecnik.
O SIESI pediu já uma reunião à administração da empresa, para discutir os horários de trabalho, trabalho suplementar e respectivo descanso compensatório, complemento de trabalho nocturno e subsídio de turno. As condições de trabalho e os direitos de parentalidade são outros assuntos que vão estar em cima da mesa.
A curto prazo, o SIESI vai realizar plenários com os trabalhadores dos diferentes turnos.
 
Revisão Salarial/2011 - ACT Grupo EDP e REN
17-Fev-2011

 A CN/EDP apresentou a sua proposta final, concluindo este processo negocial, nos seguintes termos:

- Tabela Salarial – 1,79% arredondado ao euro superior.
- Anuidade, Subsidio de Alimentação e de Horário Especial Continuo – 1,79%.
- Subsídio de turnos – 2,25% nos tectos.
- Prémio anual de 170 euros.
- Distribuição de resultados nos termos dos anos anteriores.

A CNS/FIEQUIMETAL, de acordo com a análise feita na Assembleia de Delegados Sindicais, considera que a EDP pode e deve atingir um valor superior, dada a sua situação económico-financeira, a produtividade e a realidade da inflação. Face a esta situação os Sindicatos da Fiequimetal vão levar a efeito plenários nos locais de trabalho, a fim de discutir e avaliar com os trabalhadores este processo e transmitirão posteriormente á empresa a sua posição final.
Participa nos plenários.
A tua opinião é importante.

pdf Mais informação...

 
Tyco obrigada a acordo por alargamento de horário
08-Fev-2011
A direcção da unidade fabril da Tyco, em Évora, estabeleceu um acordo judicial com 11 trabalhadores, para evitar ser condenada no Tribunal de Trabalho daquela cidade, onde decorria o julgamento, por alargamento ilegal do horário de trabalho. O caso prende-se com os trabalhadores que fazem trabalho concentrado, com horário de 11 horas diárias e uma média de 38,5 horas por semana. A direcção da Tyco obrigou 1200 a trabalharem mais seis dias por ano, gratuitamente, para, alegadamente, perfazerem a média semanal de 40 horas.
 
Ler mais...
 
Kemet, de Évora
08-Fev-2011
 Ilegalidades nas férias de 270 vão ser julgadas em tribunal

Os serviços jurídicos da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT), através de parecer subscrito pelo próprio Inspector-Geral do Trabalho, confirmaram que a direcção da Kemet vinha procedendo de modo ilegal na contagem das férias de cerca de 270 dos seus trabalhadores. A Kemet, multinacional americana com instalações em Évora, contabilizava as férias aos seus trabalhadores dos turnos concentrados (turnos de 11 horas e meia por dia) não por dias úteis, como prevê a lei, mas por horas. Tal prática levava a que, na prática, os visados tivessem apenas 15 dias de férias por ano (e não 22), sendo ainda prejudicados na majoração devida pela assiduidade, a qual eleva os dias de férias para 25.

Ler mais...
 
<< Início < Anterior | 21 22 | Seguinte > Final >>

Resultados 190 - 193 de 193