2facebook

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

PETICAO PRECARIEDADE 250

SIESI Informa - Abril 2017

jornalsiesiCONTINENTE

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



 instaladores

Os trabalhadores das instaladoras não são escravos! Os seus direitos devem ser respeitados.

A direcção do SIESI apela aos trabalhadores das instaladoras eléctricas e de telecomunicações que se sindicalizem e para que com a restante estrutura do sindicato, contribuam para alterar a realidade do sector e sobretudo para garantirem os seus direitos e melhorarem as suas condições de vida.

Nos últimos anos os trabalhadores das empresas instaladoras eléctricas e de telecomunicações têm observado o surgimento de inúmeras empresas que dedicam, no essencial, a sua actividade à prestação de serviços a grandes empresas como a EDP, REN, Vodafone, MEO, etc.

Em muitos casos essas empresas são subcontratadas por instaladoras de maior dimensão como é exemplo a Visabeira, Sotécnica ou Pinto e Bentes. Contudo e apesar da multiplicação de empresas, hoje o sector é mais pobre e observa-se uma tentativa dos patrões de aumentarem os seus lucros, pondo muitas vezes em causa os direitos dos trabalhadores.

No sector os ataques mais frequentes aos direitos dos trabalhadores estão relacionados com: a precariedade dos contratos a termo certo e incerto, a classificação profissional dos trabalhadores da carreira de electricista, a desvalorização dos salários, o incumprimento no pagamento do trabalho suplementar e do descanso compensatório e fracas condições de alimentação e alojamento quando os trabalhadores estão deslocados.

Uma realidade que não é inalterável.

O SIESI, sindicato que representa os trabalhadores do sector das instaladoras tem uma vasta experiência de trabalho em conjunto com os electricistas e outros profissionais do sector das instaladoras, no sentido de melhorar os salários praticados, exigir o cumprimento da progressão na carreira de electricista e na garantia de melhores condições de trabalho e de vida para os trabalhadores.

Atendo à realidade no sector e à experiência da mais-valia que é estar organizado no SIESI, o caminho para os direitos dos trabalhadores das instaladoras serem respeitados é organizarem-se no SIESI.

Sindicaliza-te! Luta por seres respeitado e pelos teus direitos!