2facebook

Dia Juventude 150.pdf

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

PETICAO PRECARIEDADE 250

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



Um futuro de mobilização e intervenção!

Na reunião decorrida ontem, 17-12-2018, a CNS/FIEQUIMETAL questionou a administração, na pessoa do Engº. Miguel Setas, sobre diversos assuntos que se colocam como de crucial importância para os trabalhadores e seu futuro.

 

CONCESSÕES BAIXA TENSÃO

O CA deu nota de estar a acompanhar o processo, como parte interessada neste, e apontou que os prazos e planos que estavam colocados como hipóteses para este processo estarão ainda em definição, pelo que não são possíveis grandes conclusões, mas transmitindo que na sua opinião a melhor opção seria uma concessão “única” sem qualquer divisão administrativa ou outra, por forma a uma melhor otimização de meios. Esta posição não diverge da que temos colocado em vários níveis da nossa intervenção (ERSE, ANMP e Governo), mas com a necessidade de garantir os interesses da economia, população e trabalhadores, invertendo a única procura do lucro!

EDP DISTRIBUIÇÃO – Que futuro?

Foi deixada a informação que a nova nomenclatura e imagem a associar à EDP Distribuição está a aguardar aprovação final das entidades regulatórias, mas que não há razão de alarme para os trabalhadores, pois as relações laborais irão manter-se como estão. Demos nota de que estaremos atentos e seremos os primeiros a intervir face a qualquer tentativa de procura de alterar o quadro de direitos.

SÃVIDA – REDE DE ESPECIALISTAS

Questionada acerca da alternativa prometida aos serviços da PT-ACS, informou que já existiam condições para o mais rápido possível fazer chegar uma informação e uma lista atualizada da rede aos utentes. Esperamos para ver, não sentados de certeza!

Foi ainda aproveitada esta reunião pela administração da SÃVIDA para apresentar uma visão prévia do que vai ser o “Portal do Utente” que há já bem mais de um ano vem sendo exigido em nome dos trabalhadores e da melhoria da qualidade de serviço, esperando a empresa que venha a estar disponível brevemente. Aquele irá ter várias valências, entre as quais a consulta do estado dos reembolsos de despesas médicas e outras que permitam a cada utente fazer um acompanhamento mais detalhado dos seus processos.

Acresce que a empresa apresentou ainda o que se pretendia que fossem os textos finais do guia do utente e do protocolo de dispensa em conjunto dos tempos de preparação para a reforma uniformizando os procedimentos dos tempos a considerar dos direitos na preparação da pré-reforma).

No entanto e devido a algumas dúvidas suscitadas por alguns parágrafos dos dois documentos foi marcada mais uma ronda negocial para início de Janeiro, de forma a permitir a clarificação ainda necessária de algumas questões.

A EDP abordou ainda o cenário económico da EDP, deixando no ar um cenário “catastrófico de quebra nas receitas”, informando que o ano 2018 tinha sido um ano muito mau e que o 2019 se previa como melhor que 2018, mas ainda muito longe do que foram os anos “áureos”, lamentava-se a empresa. Tudo soou a preparar o caminho e os resultados da discussão da próxima tabela salarial, sugerindo inclusivamente a eventual negociação de uma tabela salarial plurianual. Claro que aos trabalhadores se coloca a razão e consequente mobilização para contrariar aquele objetivo e procurar corrigir perdas e desigualdades que têm vindo a resultar da gestão intencional de apenas atingir rácios que permitam resultados apenas para alguns, mas à custa dos mesmos!

TABELA SALARIAL PARA 2019

Está em fase final a proposta de tabela salarial a apresentar à administração da EDP, processo que vai ser concluído com o Plenário Nacional de Delegados do Grupo EDP para a sua apresentação, discussão e aprovação.

• A sindicalização é o primeiro passo para que juntes a tua à nossa força, na defesa dos direitos!

Lisboa 18 de Dezembro de 2018

A CNS/ Fiequimetal