2facebook

Logotipo 4 Congresso

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



O SIESI reuniu recentemente com a administração da Visabeira para discutir alguns problemas identificados nos estaleiros e para salvaguardar os interesses dos trabalhadores e a melhoria das suas condições de trabalho e de vida.

O atraso na entrega dos recibos de vencimento foi regularizado, com a entrega de todos os recibos em atraso. A empresa comprometeu-se ainda a corrigir as incorrecções que os trabalhadores encontrem no recibo ou no mês seguinte ou, caso seja um valor acentuado, através de um adiantamento no próprio mês.

As condições de trabalho nos estaleiros, nomeadamente em Loures, foram também alvo de discussão, com a empresa a assumir que irá averiguar o porquê de só haver um chuveiro e um cacifo para tantos trabalhadores e tomar medidas para resolver. Os trabalhadores da Visabeira, dadas as características do seu trabalho, devem ter o mínimo de condições de trabalho.

Relativamente às férias, a empresa assumiu afixar o mapa de férias nos estaleiros, garantindo o cumprimento da lei. A marcação das férias deve ser feito por acordo entre a empresa e o trabalhador e, em caso de falta de acordo, a entidade patronal só pode marcar as férias entre 1 de Maio e 31 de Outubro, com um período mínimo de 10 dias úteis consecutivos de férias, e não pode ser marcada sem a antecedência devida, nem como forma de represália sobre os trabalhadores.

 

Não ponhas a tua vida em risco!
Cumpre as 11 horas de descanso obrigatório!

A empresa garantiu também que o impedimento do gozo das 11 horas de descanso obrigatório não pode ser prática. Isto é, quando um trabalhador faz trabalho suplementar tem de ter um período de descanso de, no mínimo, 11 horas de descanso obrigatório entre horários. Se, por exemplo, na segunda-feira, trabalhas até às 23h00, tens o direito de pegar ao serviço apenas às 10h00 de terça-feira, sem seres prejudicado.

Esta é uma das causas mais frequentes para a ocorrência de acidentes de trabalho o que, no caso dos trabalhadores das instaladoras, pode ser mortal.

Não ponhas a tua vida em risco! Faz valer os teus direitos!

Sindicaliza-te! Dá mais força ao teu sindicato!