2facebook

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

PETICAO PRECARIEDADE 250

SIESI Informa - Abril 2017

jornalsiesiCONTINENTE

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



estudo37823
Subsídios de estudo:

Posição da Administração é inaceitável!

A CNS/FIEQUIMETAL afirma que continua na firme disposição de chegar a um acordo rapidamente, o que só será possível através de evoluções significativas da CN/EDP traduzindo assim uma posição de bom senso por parte da Administração da Empresa

 

Posição da Administração é inaceitável!

Realizou-se no dia 23/09/2016 mais uma reunião plenária para a negociação da atribuição do subsídio de estudo aos descendentes dos trabalhadores.

A CNS/FIEQUIMETAL questionou a CN/EDP sobre eventuais alterações em relação sua ultima proposta e perguntou qual a posição da Administração em relação à última proposta que tínhamos apresentado.

Em resposta, a CN/EDP informou que só poderia apresentar alguma alteração se existisse compromisso de que o acordo seria alcançado com todas as partes, o que não se verificou.

Como é lógico, afirmámos que estamos dispostos a negociar mas não podemos “passar cheques em branco”, ainda por cima quando a última proposta da Administração retira cerca de 600 Mil Euros ao montante total dos Subsídios a atribuir (cálculos com base em números de 2014).

Nesta perspectiva, declarámos não haver condições para proceder a uma reformulação da nossa parte e exortámos a CN/EDP a apresentar alterações significativas que permitam uma negociação real.

A CN/EDP afirmou então que a Administração está a ponderar a aplicação do subsídio por ato de gestão pretendendo ignorar cerca de um ano de negociações que já realizou com a CNS/FIEQUIMETAL e procurando assim desaproveitar o nosso esforço para alcançar o acordo.

 

A CNS/FIEQUIMETAL repudia esta posição e afirma que continua na firme disposição de chegar a um acordo rapidamente o que só será possível através de evoluções significativas da CN/EDP traduzindo assim uma posição de bom senso por parte da Administração da Empresa

 

Sindicaliza-te!

Mantêm-te informado!

 

Lisboa, 26/09/2016

                                                                                               A CNS/Fiequimetal