2facebook

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



1maio 190

COVID-19 - Perguntas e respostas

salarios190

Formação Profissional

20170612Inovinter Qualifica2

Os trabalhadores da EXIDE reafirmaram, em plenários realizados na sexta-feira, dia 16 de Abril, a decisão de avançar para greve para reivindicar aumentos salariais condignos.

Na última reunião negocial a Direcção da empresa subiu a sua contraproposta para os 25€, ainda aquém das necessidades e expectativas dos trabalhadores e das possibilidades da empresa.

A moção aprovada no plenário por grande maioria dos trabalhadores reafirma a decisão de avançar com uma greve de 2 horas por turno, a iniciar no dia 22 e a terminar no dia 28 de Abril. Os trabalhadores consideram insuficiente a contraproposta da Direcção e reivindicam um mínimo de 50€ de aumento salarial e a negociação das restantes matérias constantes na proposta de revisão da matéria pecuniária do AE.

Os trabalhadores irão paralisar das 10h30 às 11h30 e das 13h30 às 14h30; das 18h30 às 19h30 e das 21h30 às 22h30; e nas duas últimas horas do período de trabalho nos turnos da noite.

O SIESI e as restantes ORTs apelam a uma elevada adesão à greve de forma a demonstrar a força e a unidade dos trabalhadores em torno das suas reivindicações e aspirações a uma vida melhor.

Ler Moção aprovada pelos trabalhadores da Exide reunidos em plenário no dia 16 de Abril de 2021