2facebook

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



COVID 19 Perguntas e respostas 1024 3

Alerta!alerta siesi

Apelamos aos trabalhadores para estarem atentos e vigilantes perante qualquer iniciativa patronal que ponha em causa direitos e rendimentos dos trabalhadores, aproveitando esta situação preocupante de saúde pública.

Nos últimos dias o SIESI questionou a Direcção da Visteon a propósito do seu plano de contingência e, até ao momento, ainda não obteve qualquer resposta.

 

Não basta haver um plano de contingência genérico! É preciso que sejam tomadas medidas de fundo porque, de facto, existe na fábrica uma grande concentração de trabalhadores.

• Continuam a aceder aos espaços comuns uma grande quantidade de trabalhadores, elevando a concentração e o risco de contágio, nomeadamente no refeitório e nos balneários.

• Os trabalhadores que habitualmente vão de autocarro para a fábrica, continuam também sem medidas de protecção e prevenção do contágio.

O SIESI relembra que a segurança e saúde dos trabalhadores é da responsabilidade da empresa!

O SIESI não pretende contribuir para um ambiente de pânico e desnorte, mas sim acautelar a saúde e segurança dos trabalhadores da Visteon, bem como das suas famílias e da comunidade. No entanto, dado o legítimo aumento da preocupação dos trabalhadores, é expectável que a Direcção da Visteon tome medidas de prevenção mais adequadas.

Relembramos que existe linha de apoio que são dadas pelo estado às empresas, sugerimos que a Visteon recorra às mesmas e não se socorra de prevaricar nos direitos dos trabalhadores.

Por fim, uma vez mais, o SIESI lamenta a decisão da Direcção da Visteon de “dispensar” os trabalhadores subcontratados a empresas de trabalho temporário, numa época em que deveriam estar mais protegidos social e financeiramente. A precariedade deixa a nú, uma vez mais, as dificuldades que são impostas a estes trabalhadores, que são tratados como carne para canhão. Não aceitamos!

Aos trabalhadores das ETTs apela-se que contactem o seu sindicato de classe (o SIESI) para que juntos possamos dar a resposta adequada à situação que enfrentam.

Apelamos igualmente aos trabalhadores para estarem atentos ao site e facebook do SIESI para estarem mais informados.

Ler o Comunicado do Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas