2facebook

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



Reconhecimento e respeito andam esquecidos
ou é algo que se desconhece?

O tempo vem demonstrando a todos, excepto a quem ganha com esta situação, que os postos de trabalho nas Lojas no passado e no quadro actual (Comercial, Distribuição e SU) são assegurados por profissionais competentes, vestindo uma farda e dando a cara pelo Cliente, embora sempre tenham sido tratados como “enteados”, ao invés do que por direito deviam ser: trabalhadores dos quadros da EDP.

Os salários são o mais baixos possível, apenas tendo sido alterados após intervenções do Sindicato e em função da alteração do salário mínimo nacional, esquecendo o tempo em que se “abotoaram” com os 10% da diferença, e os direitos sempre tentados diminuir.

Ler comunicado aos trabalhadores das Lojas EDP

lojas edp COMUNICADO