2facebook

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

PETICAO PRECARIEDADE 250

SIESI Informa - Abril 2017

jornalsiesiCONTINENTE

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



Banco de Horas

“Banco de horas” não é aplicável aos sócios do SIESI

Através de “Informação” a administração da MagP pretendeu aplicar a todos os trabalhadores a aplicação, com efeitos a 1 de Fevereiro de 2018, do que chama de “banco de horas” constante de uma cláusula de um alegado “Contrato Coletivo” que não subscrevemos e até se desconhece.

Assim, a Lei é clara quanto a esta matéria que só poder ser aplicada aos sócios dos “Sindicatos” que subscrevam o acordo que é invocado, o que não é manifestamente o nosso caso.

Desta forma os associados do SIESI não estão abrangidos pelo previsto e qualquer tentativa de pressionar ou intimidar os trabalhadores deve ser, de imediato, dada a informação ao Sindicato para que este possa intervir pelos meios ao seu alcance.

 

Se dúvidas existissem, esta é mais uma situação que demonstra o porquê da administração não querer manter um diálogo connosco, bem como procurar limitar a nossa intervenção na empresa.

O SIESI já deu a conhecer à administração a sua posição sobre este assunto.

Empresa tenta recuar no valor do trabalho suplementar…

A pretensão do “banco de horas” mais não visa do que a redução do trabalho suplementar, através da desorganização da vida dos trabalhadores e dos seus direitos. Mas, não se fica por aí, pois através de outra informação, esta já com data (1.2.2018) vem dar conhecimento de que pretende reduzir os valores de pagamento do trabalho suplementar, o que é ilegal.

Da conjugação destas duas situações, a intenção é a de acabar com o pagamento de trabalho suplementar e a organização de trabalho dos trabalhadores, aumentando os resultados e diminuindo os custos do trabalho.

Também neste aspeto, o SIESI já contestou a decisão e está a analisar as medidas a adotar.

Os trabalhadores da MagP percebem estas estratégias e todo o processo que tem vindo a ser desenvolvido na empresa com o único intuito de nos afastar, como acima referimos, pois sabem que nunca daremos cobertura a ilegalidades e à degradação das condições de vida e de trabalho. Assim, a sua sindicalização no SIESI é a única forma de garantirem que os seus direitos estarão sempre defendidos!

5 de Fevereiro de 2018

A Direção

  • Defende e reforça os teus direitos! Sindicaliza-te!

Marcamos o tempo com a luta de quem trabalha!