2facebook

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



COVID-19 - Perguntas e respostas

salarios190

Formação Profissional

20170612Inovinter Qualifica2

Acção Sindical

TODOS À GREVE!
10 de Março das zero às 24 horas

Por melhores salários! 
received 10212628504334285

A Comissão Intersindical da Thyssenkrupp Elevadores, os sindicatos e a Fiequimetal/CGTP-IN saúdam a grande participação na greve de 24 de Fevereiro e nas concentrações em Lisboa e no Porto. Ficou demonstrado que há grande união dos trabalhadores, conscientes de que a luta é o caminho para alcançar melhores salários e melhores condições de trabalho.

A administração da TYCO volta a não respeitar os trabalhadores

Há muito tempo que o SIESI conhece os comportamentos da Tyco em relação ao relacionamento que mantém com os seus trabalhadores.

Contudo a situação tem se deteriorando a níveis quase insustentáveis, o que vai levar o SIESI a entrar em contacto com o Comité Europeu da empresa de forma a expor a situação que hoje os trabalhadores da Tyco enfrentam.

O mais recente ataque aos direitos dos trabalhadores foi a atribuição de aumentos salariais de forma discricionária, o que resultou que trabalhadores que deram faltas em 2016 fossem prejudicados e discriminados na hora de receber aumento salarial.


Tabela Salarial 2017 - Informação n° 4

Os lucros da Empresa foram gerados pelos trabalhadores não pelos accionistas

A CNS/FIEQUIMETAL repudiou a proposta da CN/EDP, quando esta, utilizando uma fundamentação tortuosa onde misturava a alteração da tabela em negociações de anos anteriores e a inflação que a EDP prevê para 2017, justificou a apresentação de uma proposta de apenas 0,7%, alegadamente para fecho das negociações.
A CNS/FIEQUIMETAL afirmou que, para fecho, essa proposta nem nos merecia sequer resposta e quando muito poderia ser um inicio de negociação e só nesse caso faria algum sentido.

1680n

O SIESI – Sindicato das Indústrias Eléctricas emitiu pré-aviso de greve para o dia 28 de Fevereiro de forma a permitir aos trabalhadores dos call center da Randstad/EDP fruir o dia de Carnaval e, ao mesmo tempo, protestar e exigir que a empresa volte a dar este dia.

Os trabalhadores reuniram-se em plenários, na passada sexta-feira, nos call center da Randstad/EDP, na Quinta do Lambert e no Parque das Nações, para discutir as acções a realizar, dada a ausência de resposta, por parte da empresa, ao caderno reivindicativo apresentado

Entre as decisões tomadas está a realização de outra greve, em 28 de Março, dia em que levarão a cabo uma iniciativa, com contornos a definir num próximo plenário, e participarão na manifestação da juventude trabalhadora que se realiza nesse dia para exigir o combate à precariedade.

16805
embaixada o

Greve de 24 horas em 24 de Fevereiro e 10 de Março

Em luta por aumentos salariais dignos, os trabalhadores da Thyssenkrupp Elevadores marcaram greves de 24 horas para os dias 24 de Fevereiro e 10 de Março. Para o dia 24 também agendaram uma deslocação a Lisboa, para demonstrar o seu descontentamento junto à embaixada da Alemanha.

16 e 17 de FEVEREIRO 2017
A Comissão Sindical do Siesi informa os trabalhadores da Randstad que irão ser realizadas reuniões de trabalhadores para os trabalhadores adstritos aos locais de trabalho Qtª do Lambert e EXPO nos próximos dias 16 e 17 de FEVEREIRO de 2017, no local de trabalho.
QUINTA do LAMBERT – 16 DE FEVEREIRO – 10:00, 15:00 e 18:00 
(todos os trabalhadores Randstad independentemente da prestação/cliente para o qual trabalham podem participar)
EXPO - 17 DE FEVEREIRO – 10:00, 15:00 e 18:00.
Todos os trabalhadores, sindicalizados ou não, têm o direito de participar.

TabelasalarialEDP informa3

Não aceitamos prepotência

Na reunião decorrida ontem, dia 08-02-2017 a CN/EDP não evoluiu na proposta irrisória de 0,2% que apresentou no início das negociações voltando a afirmar que temos que separar o aumento da produtividade da negociação da tabela.

Repudiamos a mudança de estilo agora introduzida nas negociações e consubstanciada neste figurino de reduzir a negociação da tabela a um ato formal de acerto pela inflação esquecendo o que os trabalhadores contribuem para os resultados da Empresa e que isso deve ser repercutido no seu salario.

baixo consumo energia

Perante as reclamações constantes dos trabalhadores e a insistência da FIEQUIMETAL a administração da EDP viu-se forçada a reconhecer os erros na aplicação do benefício de energia eléctrica desde que este foi acordado e a garantir, em reunião realizada ontem, dia 01-02-2017, que irá proceder ao recálculo relativo ao ano de 2016 durante o primeiro trimestre deste ano e aos de 2014 e 2015 durante o segundo trimestre.

EDP - Tabela salarial 2017

Queremos garantir direitos e uma tabela salarial justa
As negociações da Tabela Salarial para 2017 iniciaram-se formalmente dia 25/01/2017.
A CN/EDP afirmou que pretende uma negociação rápida, mas a proposta inicial que apresentou, apenas 0,2%, e a tentativa de que as reuniões negociais se realizem apenas quinzenalmente, não concorrem para esse objetivo.
Lembramos que a Fiequimetal apresentou uma proposta de 4%, em todas as rubricas de expressão pecuniária, procurando desta forma, restabelecer o poder de compra dos trabalhadores, seriamente afetado nos últimos anos.

Ler comunicado

 

particulares contadores id

Mais de 2 anos após a entrada em vigor do actual ACT, a EDP ainda não assumiu correctamente aquilo que se passou na mesa da negociação e ficou expresso no texto do actual Acordo Colectivo de Trabalho em matéria de desconto do valor de electricidade e taxa de potência facturadas.

Ao longo deste tempo temos confrontado a empresa com esta questão e com a urgência da sua regularização e ainda não se viu da parte da EDP qualquer acção concreta para que à situação seja devolvida a boa-fé negocial e a legalidade.