2facebook

Combater o assédio

assedio laboral

20170623CartaReivindicativaTrabalho por Turnos sintese 1

Leis & Direitos

Direitos de parentalidade



COVID 19 Perguntas e respostas 1024 3

Acção Sindical

O SIESI reuniu com um representante do Grupo Visabeira no dia 5 de Março, no Ministério do Trabalho no Porto.

Foi apresentado  o Caderno Reivindicativo aprovado pelos trabalhadores e a necessidade de valorizar o trabalho que todos os dias os trabalhadores das diferentes empresas prestam. Lamentavelmente, o representante da empresa referiu que o Grupo “não via oportunidade” em discutir as reivindicações dos trabalhadores.

Ler comunicado aos trabalgadores da Visabeira

A CNS/SIESI, conforme mandatada pelos trabalhadores no último plenário, entregou o abaixo-assinado a direção da empresa, que não alterou a sua posição, seguindo as orientações do plenário enviamos o abaixo assinado ao Sr. Ernesto, a resposta chegou ontem dia 16. Neste sentido informamos a empresa para a realização de plenário, estamos a analisar a forma de o fazer em segurança, cumprindo as indicações da DGS e plano interno de contingência da CelCat , pois este assunto não pode ser decidido unilateralmente pois esta não é a postura do SIESI. O mais rapido possivel iremos comunicar a data do Plenário.

Ler comunicado aos Trabalhadores da CelCat

precariedade

SIESI Comunicado FMEE

MILHÕES DE LUCROS CONTRASTAM COM SALÁRIOS DESVALORIZADOS

As empresas Fabricantes de Material Eléctrico e Electrónico (FMEE) têm tido, na sua maioria, resultados líquidos de milhões, as exportações e os volumes de negócio têm crescido e a rentabilidade das empresas tem aumentado.

Em contraponto a estes números, os salários dos trabalhadores não foram devidamente valorizados, apesar de a situação macroeconómica do País ser, hoje, mais favorável e apesar da crescente qualificação e formação dos trabalhadores destas empresas.

LER COMUNICADO AOS TRABALHADORES DAS EMPRESAS FABRICANTES DE MATERIAL ELÉCTRICO E ELECTRÓNICO ­- FMEE

Administração da EDP volta a tiraraos trabalhadores…
para dar aos accionistas

A apresentação dos resultados de 2019 da EDP gera mais indignação nos trabalhadores.

A redução de lucros anunciada e o alegado prejuízo em Portugal servem à administração para justificar propostas de actualização salarial muito abaixo do aceitável.

Mas convém não esquecer que os resultados recorrentes acumulados nos últimos quatro anos (2016 a 2019) foi de de 3,518 mil milhões de euros.

LER COMUNICADO AO TRABALHADORES DAS EMPRESAS DO GRUPO EDP

GREVE

CARNAVAL

25 de Fevereiro

É CARNAVAL. NÃO LEVEM A MAL!

Conforme decidido pelos trabalhadores, a greve em reivindicação do gozo do feriado de Carnaval está declarada.

ISTO NÃO É NEGOCIAÇÃO…

É PURA ENCENAÇÃO!

Em vésperas de mais uma apresentação de resultados onde vão surgir os milhões que resultam do nosso trabalho, a administração não apresentou senão a alteração de uns míseros 0.5% para as BR´s 3 a 22 e para as Letras de A2 a J.

Isto representa uma passagem de um aumento entre 4€ e 12€ para um aumento entre 4€ e 14€…

A única alteração será o número de trabalhadores abrangidos pelos 0,5%

Não será com certeza com valores irrisórios como os que tem apresentado que esperam encerrar as negociações rapidamente.

Os trabalhadores da EDP, que geram os milhões que a administração irá apresentar dia 20, merecem e tem de ser mais valorizados.

Assim, a CNS/Fiequimetal considera que isto não é senão pura encenação, assim não estão reunidas as condições de uma verdadeira negociação.

Mantemos a nossa proposta inicial de 90€ de aumento para cada trabalhador.

Nos próximos dias vamos iniciar uma ronda de plenários e contactos a fim de aferir a opinião dos trabalhadores sobre a fase atual das negociações.

PARTICIPA NOS PLENARIOS.

JUNTA-TE A NÓS, NOS SINDICATOS DA FIEQUIMETAL

Lisboa, 19 de fevereiro de 2020

A CNS/ Fiequimetal

Ler comunicado aos trabalhadores do grupo EDP

mmarega

A CGTP-IN considera intoleráveis e inaceitáveis os actos de racismo cometidos ontem no Estádio D. Afonso Henriques em Guimarães contra o jogador Moussa Marega.

Para a CGTP-IN, qualquer forma de racismo, xenofobia e discriminação, seja no desporto, no trabalho, na escola ou em qualquer outro local ou circunstância, é sempre inadmissível e incompatível com os princípios e valores da dignidade humana e da igualdade, que defendemos e que estão também inscritos e consagrados na nossa Constituição.

A verdade é que os episódios de racismo se têm repetido nos estádios nacionais e nem todos têm sido punidos como é devido.

TABELA SALARIAL, AS RAZÕES DOS NOSSOS DESENCONTROS!

Hoje, dia 4 de Fevereiro, véspera dos Encontros EDP 2020, onde vai ser vendida a excelência da gestão e seus resultados, fomos brindados com uma proposta de 0,3% para as letras igual e acima da K, 0,4% para as letras de A1 a J e para as BR da 3 à 22 e 0,5% para as BRs 1 e 2.

Isto representa uma actualização insignificante entre 4€ e 12€ o que é manifestamente insuficiente e vergonhoso para os lucros que a EDP tem acumulado ao longo dos anos.

Negociações arrancam... com valores irrisórios
OCNS/FIEQUIMETAL defendeu a proposta anteriormante apresentada e repudiou o valor de 0,2 por cento apresentado pela administração.
Ler Comunicado aos trabalhadores do Grupo EDP